Tarde Juvenil CRE 11 em Guaíba

foto2

Relato enviado pelo jovem Ederson Lopes – GPJ UME Guaíba

A Tarde Juvenil que aconteceu em Guaíba, na Sociedade Espírita Discípulos de Cristo no dia seis de julho, entre uma e cinco horas da tarde, realizada pelo GPJ UME Guaíba – 11ª região FERGS, com a participação da juventude UME Guaíba e UME Camaquã, teve como tema “Nas pegadas do Mestre”.

As atividades partiram da palestra de Gabriel Salum, em que tivemos a oportunidade de aumentar os nossos conhecimentos da doutrina espírita, explicando que devemos amar a todos, começando pelo nosso corpo, que Deus nos deu, vigiando tudo aquilo que a nossa mente e corpo absorve, depois passando a amar os nossos inimigos e assim amando tudo aquilo que foi criado por Deus. Logo após, tivemos conceito de amor, que foram frases criadas por crianças dos Estados Unidos com estes exemplos:

“Quando alguém te ama, a forma de falar seu nome é diferente – Billy”, quatro anos.

“Se você quer aprender a amar melhor, você deve começar com um amigo que você não gosta” – Mika, seis anos.

“Quando minha avó pegou artrite, ela não podia se debruçar para pintar as unhas dos dedos do pé. Meu avô desde então, pinta as unhas para ela, mesmo quando ele tem artrite” – Rebecca, oito anos.

“Amor é quando você sai para comer e oferece suas batatinhas fritas, sem esperar que a outra pessoa te ofereça as batatinhas dela” – Chrissy, seis anos.

Depois, foi passado que todos nós podemos ser discípulos de Jesus, amar a todos, independentes do tipo de pessoa; pois todos os apóstolos com todos os seus defeitos e qualidades atenderam ao chamado do Mestre, então “se Pedro pode, nós podemos. Se João pode, nós podemos. Se Maria pode, nós podemos.” E assim, encerrando a palestra.

Em seguida passamos para as atividades do lanche, onde alimentamos a nossa matéria.

Após o lanche, foram feitas as atividades do GPJ, o qual abordou o tema “As bem aventuranças” ou “Código do Monte”. Partindo de uma introdução sobre o assunto e logo passando por cada bem aventurança, tendo em vista a associação com os chacras do corpo humano e que cada bem aventurança está associada a uma virtude.

 

ENCONTRO SOBRE EVANGELIZAÇÃO DE BEBÊS

EVANGELIZAÇÃO DE BEBÊS

Ocorreu no dia 22 de março de 2014 na Federação Espírita do Rio Grande do Sul, o primeiro Encontro sobre Evangelização de Bebês, organizado pelo Departamento de Infância e Juventude da FERGS, através do Núcleo de Bebês do DIJ FERGS, coordenado por Carolina Renz.

O encontro, que contou com cerca de oitenta participantes, foi protagonizado por Cíntia Soares, autora do livro Evangelizando Bebês e Diretora do Departamento de Infância da Federação Espírita do Estado de Goiás – FEEGO, com a colaboração de Leila Fraga da equipe da FEEGO e contadora de histórias do grupo Semeadores.

1939628_626987977369177_1930365286_n

A diretora do DIJ FERGS Marlise Ribeiro destacou na abertura a importância da evangelização desde a mais tenra idade e de consolidarmos as experiências que estão acontecendo em inúmeros Centros Espíritas em nosso país na Evangelização de Bebês.

O Encontro iniciou com o momento Minha Criança, conduzido por Leila, que através de uma atividade lúdica levou todos a voltarem no tempo, para a sua infância e então buscarem as memórias de um momento feliz; momento esse que deveria ser registrado com massinha de modelar e trocado com o colega ao lado, o qual deveria cuidar da infância que lhe foi confiada durante todo o encontro.

10154064_670439813001605_815036829_n

Na sequência veio o momento mais aguardado, a demonstração de um encontro de Evangelização de Bebês com Cíntia Soares, os bebês e seus pais – uma atividade que prendeu a atenção e encantou a todos. Por cerca de uma hora Cíntia entoou canções, contou história que depois relacionou com a parábola do Bom Samaritano; utilizou materiais diversos, como bichos de pelúcia, luvas com sininhos, panos coloridos, momento de relaxamento, com direito a massagem com bolinhas coloridas e até um momento onde lavou os pezinhos dos bebês, assim como fez Jesus com os apóstolos. Os pais interagiram bastante, sendo convidados a cantar e dançar com seus bebês no colo, dar muito carinho, como beijinhos e abraços. Os bebês manifestavam interesse e participavam de cada momento com atenção.

À tarde iniciou com a Roda de Conversa com Evangelizadoras de Bebês, as quais compartilharam suas experiências e responderam várias perguntas dos participantes. As evangelizadoras convidados para esse momento foram: Ângela (Janja) do Centro Espírita Fraternidade de Canoas, Cris Britto da Sociedade Espírita Gabriel Dellane, de Esteio, juntamente com Cintia e Leila que também dividiram suas experiências neste momento. A diretora do DIJ FERGS coordenou a Roda de Conversa trazendo também as dúvidas mais frequentes sobre o processo.

1506890_670441343001452_641770390_n

A seguir foi realizada a Oficina de Estruturação de Atividades para Bebês, onde cada minigrupo elaborou atividades para um encontro de Evangelização de Bebês, utilizando músicas, histórias e brincadeiras, as quais depois foram apresentadas ao grande grupo.

A Arte de Servir e Educar foi o tema escolhido por Cíntia Soares para o final do encontro, com uma reflexão sobre como são as crianças que recebemos na evangelização, suas diversidades e particularidades; orientando que o evangelizador deve considerar a cultura da criança, privilegiando as experiências trazidas e percebendo as necessidades do conteúdo significativo para ela; despertar a motivação da criança para aprender; propiciar a articulação entre os saberes da criança e a doutrina espírita, tornando o conhecimento significativo.

Ao finalizar o encontro, Leila conduziu o segundo momento Minha Criança, no qual levou os evangelizadores presentes a refletirem sobre como cuidaram, durante o dia, da infância que lhes foi confiada no início do encontro, pelo colega do lado. Fez uma analogia com as infâncias que nos são confiadas todos os dias na evangelização. Como estamos cuidando da tarefa que nos foi confiada? Qual a nossa importância e nosso papel na vida de nossos evangelizandos?

Pelas vivências e reflexões realizadas o I Encontro de Evangelização de Bebês serviu  para comprovar a riqueza de experiências que já existem no Rio Grande do Sul e fortalecer esta iniciativa no compartilhar da experiência igualmente rica da Cíntia em Goiás, servindo de estímulo e de subsídios para novas turmas que irão iniciar a partir deste Encontro.

PROGRAMAÇÃO DO ENCONTRO:

Sábado – 22/03/2014
7h45 Boas Vindas/ Acolhida Musical
8h15 Leitura do Evangelho Prece e Abertura do Encontro
8h30 Momento Inicial Minha Criança
9h50 Intervalo
10h Momento Demonstração – Evangelização com bebês e suas mães/ pais
11h Momento aberto às perguntas e dúvidas dos evangelizadores
Sugestões para a Evangelização de Bebês

12h Intervalo livre para almoço

13h30 Roda de Conversa com Evangelizadores de Bebês
Compartilhando experiências
15h30 Intervalo/ Lanche
15h45 Momento Oficina – Estruturação de atividades para bebês: música, histórias, brincadeiras…
16h30 Apresentação das atividades dos grupos
17h A arte de servir e educar
Momento Final Minha Criança
18h Encerramento / Prece

ENJEB – Encontro das Juventudes Espírita de Bagé

Evangelizandos e Evangelizadores da UME Bagé participaram do ENJEB, Encontro das Juventudes Espírita de Bagé, dia 06 de Julho 2014 no Instituto Caminho da Luz, para confraternizar e compartilhar sua alegria em relembrar o Código do Monte, onde “Conectados com Jesus”, aproveitaram a oportunidade para troca de experiência e de conhecimento sobre o tema com todos os participantes.

CRE 6 multiplica assuntos tratados na Reunião de Diretores de DIJs

No dia 14 de Junho de 2014 a coordenação do DIJ CRE6 Elisa Pinheiro reuniu-se na cidade de Cacequi com os  Diretores de DIJ das UMEs, para multiplicar os assuntos tratados na Reunião de Diretores de DIJ CREs na FERGS, no dia 31 de maio e mais especificamente tratar assuntos pertinentes a XXV CONJERGS. A prece de abertura foi proferida pelo Presidente do CRE6 Pedro Peçanha. Para descontrair, no início foi feito uma dinâmica de quebra-gelo entre os participantes. A seguir foi apresentado um vídeo para reflexão do trabalho em equipe e após apresentada a Inter regionalização do Movimento Federativo do RS visando a XXV CONJERGS, na qual a sexta e a sétima região constituem o Polo Amor.  Foi apresentada a dinâmica de trabalho que está sendo programada pela coordenação do Polo Amor durante a XXV CONJERGS com os jovens, com o objetivo de conscientizar os trabalhadores da região para o trabalho na XXV CONJERGS. Sobre o projeto Moço Rico da FERGS todos ficaram de se reunir para ver se, dentro da realidade da juventude na região, possa ser inserido a possibilidade deste protagonismo juvenil.

Na ocasião foi repassado o vídeo do “Projeto Conte Mais” e “A Arte de Contar Histórias”, onde foram todos convidados a participarem da oficina, de Contação de Histórias oferecida pela FERGS, nos dia 05 e 06/07. Também foi apresentada a CONBRAJE SUL, onde todos ficaram cientes da sua responsabilidade junto aos jovens representando seu estado e foi divulgada a Oficina para a Evangelização de Bebês oferecida pela FERGS.

reuniões diretores dij cre 6 junho